Parabéns Aiá: São João da Varjota Se Orgulha da Sua Ilustre Centenária.

Na noite de sábado, (15) de agosto 2020, a família da senhora Josefa Maria de Sousa, conhecida carinhosamente como Aiá comemorou o seu centésimo ano de vida, e o evento festivo aconteceu na sua residência, na comunidade Boa Novo, ao lado da BR 230 a cerca de seis Km de São João da Varjota-PI

Por causa da pandemia do novo corona vírus, as comemorações alusivas a este momento tão significativo e importante para familiares e amigos de Aiá, tiveram que ser reduzidas, sendo convidados apenas parte da família, já que outros tantos moram em cidades como São Paulo e outras, também foram convidados alguns amigos.

Algumas pessoas da família relataram que estavam preparando uma grande comemoração para a ocasião, uma vez que se trata de um centenário vivido por uma pessoa tão querida e muito especial para todo o município de São João da Varjota. Como não foi possível, a senhora Josefa Maria de Sousa fez questão de que um culto em ação de graças fosse realizado .

E assim se deu conforme a sua vontade, o pastor José Osvaldo Bueno juntamente com alguns irmão e irmãs da igreja evangélica Assembléia de Deus pregaram a palavra de Deus a todos os presentes, em especial para a aniversariante ilustre Aiá pelo centenário alcançado. Dona Zefinha fez questão de pegar o microfone e agradecer a Deus.

“Eu agradeço a Deus por está aqui comemorando com a minha família e os meus amigos esses cem anos de vida”, disse emocionada. Foi nesse momento em que se percebeu a alegria e as emoções de familiares e amigos, por tamanha bondade de Deus, ao conceder cem anos de vida àquela senhora doce, de voz mansa e que sempre carrega um sorriso estampado no rosto. foi muito forte aquele momento.

Aiá já é uma senhora viúva há muitos anos, ela era casada com Pedro Elesbão de Sousa (In memória), com quem teve onze filhos, sendo oito mulheres e três homens, sendo que os filhos homens já são todos falecidos. Segundo Liliana, que é uma das suas netas, a quem ela demonstra ter um enorme carinho, já que a criou desde os sete meses de vida, Aiá como uma boa nordestina que é, gosta de comer feijão com farofa de carne suína à base de farinha de mandioca.

Ela disse também, que quando sua avó era mais nova, gostava de tomar uns bons goles e fumava pitando o seu cachimbo. Mas que isso são coisas do passado. Liliana relatou ainda, que também sente o carinho de Aiá por sua pessoa, e que segundo ela, isso é recíproco. “Mesmo tendo casado, eu nunca abandonei Aiá sempre estou por perto. Sou eu que faço as compras do que ela necessita e faço com muito carinho”, falou emocionada.

Em uma rápida entrevista com a nossa querida centenária Aiá. ela me falou do seu passado e das dificuldades que teve que enfrentar juntamente com o seu falecido esposo Pedro Elesbão. ” Meu fii naquele tempo era muito difícil, para criar nossos filhos tinha que ser trabalhando na roça, quando tinha bom inverno tudo bem, mas eu passei por muitas secas duras”, disse com uma certa tristeza no olhar.

Apesar de aparentar uma certa timidez durante a entrevista, a senhora centenária de São João da Varjota é muito divertida e nunca deixa de está sempre sorrindo, e sempre que está falando, põe Deus na frente de tudo que já fez e que pretende fazer, mostrando que é temente aos propósitos do Senhor.

Parabéns dona Josefa Maria de Sousa, parabéns Aiá, são 100 anos, não são 100 dias! É para honra e glória de Deus! Ele foi generoso e fiel com vossa pessoa! Uma velhice de cem anos, com lucidez, andando, sorrindo e amando os seus familiares e amigos.

As quatro gerações de Aiá! Filhas, netos, bisnetos e tataranetos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *