São João da Varjota: Hélio Neri participa de sessão da câmara, que aprova piso dos ACS

A sessão da câmara de vereadores do município de São João da Varjota-PI, desse dia 20 de março foi concorrida, populares e algumas entidades lotaram o plenário Raimundo José de Siqueira. Especialmente os professores da rede municipal de ensino e servidores da saúde que reivindicam o pagamento do piso salarial
Da mesma forma, os agentes de endemias, agentes comunitários de saúdes acs e os enfermeiros, lotados na secretaria municipal de saúde do município estão solicitando o pagamento para a categorias do piso, os quais reclamam que ainda não recebem.
O prefeito da cidade, o senhor Hélio Neri Mendes Rego estava presente desde o início da sessão e ouviu atentamente cada reivindicação das categorias. Quem também marcou presença foi o ex-prefeito do município, Nonato Barbosa.
A sessão teve alguns momentos tensos, principalmente quando o ex-prefeito Nonato Barbosa subiu à tribuna e se referiu a um vídeo que vazou na internet, em que o vereador Erisveldo Mendes Barbosa PSL diz que o dinheiro que deveria ter sido aplicado para concluir a creche, foi usado para compra de voto.
O vereador Erisveldo, no entanto não cita o nome do ex-prefeito Nonato, no vídeo que vazou, no entanto como era o gestor municipal, na época em que a creche foi construída, ele ao que parece tomou para si, o que ele mesmo em sua fala classificou como agressão.
O clima pesou ainda mais, quando o vereador Verim, como é mais conhecido disse que “ou se faz a coisa certa em São João da Varjota, ou se continua usando o paternalismo, as duas coisas não dão certo ao mesmo tempo”, desabafou.
Os nove parlamentares da casa, aproveitaram a ocasião em que o chefe do executivo estava presente e colocaram as suas pautas de reivindicações em dia, com isso a sessão, que começa sempre às nove da manhã se estendeu até quase uma da tarde.
Hélio Neri ouviu atentamente as falas dos vereadores, dos professores e servidores da saúde, que reivindicavam melhores salários, da vice-prefeita Beth Dantas, que também é professora, assim como também de alguns secretários e do ex-prefeito Nonato Barbosa de que é aliado político.
Por fim, o presidente da casa, o vereador Samuel Lopes concede a palavra ao prefeito e ele fez um apanhado geral de tudo que ouviu, e presenciou durante a sessão. Hélio disse que gostaria de atender os professores como eles merecem, no entanto citou a situação pela qual passa as prefeituras de pequeno porte como São João da Varjota.
Contudo, ele disse que pretende nesse tempo que ainda falta da sua gestão, melhorar a da educação no município e que a questão salarial dos professores faz parte dessa melhoria, mesmo que tenha que contratar um especialista no assunto e pelo menos aproximar as coisas do ideal.
Já próximo da uma da tarde, antes de encerrar a sessão, o vereador-presidente da casa Samuel dos Santos Lopes colocou em votação o projeto do piso salarial dos ACS- Agentes comunitários de saúde sendo aprovado por unanimidade.
Da mesma forma a casa autorizou a contratação, pelo poder executivo de funcionários, em caráter temporário até a realização do concurso público, que mesmo não tendo data para acontecer, especula-se que seja em breve.
O presidente Samuel Lopes explicou que durante a sua gestão não vai haver votação de projeto que der entrada no mesmo dia, na casa, dando a entender que é preciso estudar e entender o que está se votando. “É preciso discussão”, disse ele. Por esse motivo só na próxima sessão os professores serão atendidos.
Apesar de ter sido uma sessão em que se pode dizer histórica, no que se refere à quantidade de populares e entidades presentes, de forma que até havia pessoas que ficaram de pé sendo necessário providenciar assentos extras para acolher a todos foi uma sessão civilizada.
Até houve os momentos de alta tensão, em que os ânimos pareciam tomar conta de alguns, mas prevaleceu o bom senso e a civilidade e salvaram-se todos! Aos professores, que tanto faz pela nossa gente, assim também aos profissionais da saúde, melhorias e dias melhores eles merecem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *